Temperaturas mais amenas na Alemanha provocaram um rápido derretimento da neve que caiu em dezembro, transbordando rios como o Reno no oeste e o Unstrut no leste do país, o que provocou alagamento de ruas de várias cidades. As autoridades temem que uma pessoa tenha sido morta pelas enchentes na Turíngia oriental.

A navegação comercial no Reno, rio importante para escoar mercadorias pelos portos holandeses no Mar do Norte, foi suspensa hoje em uma extensão de 140 quilômetros, entre as cidades de Colônia e Bingen, informou o porta-voz da Agência de Navegação de Bingen, Martin Mauermann.

Mais ao sul, o rio Mosela, que atravessa o Estado da Renânia-Palatinado, transbordou e alagou vilarejos na região produtora de vinho branco. O vilarejo de Zell foi totalmente alagado.

No leste alemão, as autoridades estão atentas e monitoram o rio Oder. A polícia na Turíngia oriental disse que um homem de 59 anos está desaparecido, após seu carro ter sido arrastado por uma enxurrada em uma estrada alagada. A polícia teme que ele tenha se afogado nas águas em cheia do rio Unstrut. As informações são da Associated Press.