O deputado Milciades Duré, do opositor Partido Liberal Radical Autêntico, teve seu mandato cassado e, portanto, perdeu sua imunidade parlamentar. Dessa forma, Duré pode ser julgado pelas acusações de corrupção contra ele. Trata-se da segunda cassação de um mandato do Legislativo do Paraguai em uma semana.

Duré perdeu seu mandato na noite de quarta-feira, por decisão da Câmara dos Deputados, depois de ter sido acusado pelo suposto crime de quebra de confiança, num caso ocorrido no governo do presidente anterior,

Federico Franco. Na época, Duré era membro do conselho de administração da agência estatal que cuida da reforma agrária no país.

Na semana passada, o Senado cassou o mandato de Víctor Bogado, do governista Partido Colorado, acusado de fraude e nepotismo. Fonte: Associated Press.