A Igreja Católica em Cuba convocou uma Via Crucis “viva e em público” pelos bairros de Havana como preparação para a visita do papa Bento XVI, como foi divulgado hoje.

A Igreja anunciou, por meio de um comunicado, que o evento será realizado “no tempo litúrgico da Quaresma, antes da Semana Santa”, que este ano acontece entre 1° e 8 de abril.

O percurso da Via Crucis recorda o trajeto feito por Jesus Cristo antes de sua crucificação e é considerado pelos católicos como um exercício de piedade.

O Papa visitará a cidade de Santiago de Cuba, a cerca de 900 quilômetros de Havana, no próximo dia 26 de março, onde será recebido pelo presidente cubano, Raúl Castro, e segue para a capital, onde permanecerá até o dia 28.