Uma porta-voz da Agência da Organização das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), Melita Sunjic, divulgou que a Croácia abriu sua fronteira com a Sérvia para os imigrantes, deixando entrar no país centenas de pessoas que estavam sem rumo há dois dias.

Sunjic, que está na fronteira, disse nesta segunda-feira que “sem nenhum anúncio, as fronteiras foram abertas. Assim que elas abriram, todo mundo correu” para atravessar, comentou.

A funcionária da ACNUR afirmou que “a última pessoa a atravessar foi um jovem rapaz sem uma perna, e nós o ajudamos a passar com uma cadeira de rodas”.

Na fronteira da Croácia com a Sérvia estavam entre duas mil e três mil imigrantes quando os portões foram abertos. Fonte: Associated Press.