A Coreia do Sul elevou de 11 para 13 o número de mortes no país por conta do vírus MERS (Síndrome Respiratória do Oriente Médio). As autoridades do país fecharam temporariamente dois hospitais em meio a temores persistentes sobre o surto de vírus MERS, embora as autoridades tenham dito que o número de pessoas infectadas tem sido menor e que é improvável que haja um novo surto da doença.

Os hospitais Mediheal Hospital and o Changwon SK, ambos em Seul, que trataram pacientes com MERS foram fechados devido a preocupações de possíveis novas fontes de infecções.

A 11ª vítima é um homem de 72 anos, que estava com pneumonia e morreu hoje. Mais de 120 pessoas na Coreia do Sul contraíram o vírus desde que o país registrou seu primeiro caso, no mês passado. o surto foi contido em hospitais, mas tem causado temores generalizados, resultando na suspensão das atividades em cerca de 2,8 mil escolas e creches.

As autoridades acreditam que a doença atingiu o seu pico e que deve começar a aliviar nos próximos dias. Isto porque termina hoje o período de duas semanas de incubação de pessoas infectadas que estão internadas em um hospital de Seul. Existem outros hospitais nos quais o período de incubação dos pacientes ainda não terminou, mas as pessoas seguem em quarentena e aquelas que tiveram contato com elas seguem monitoradas.

“Nós não vemos nenhum perigo de um surto adicional”, disse Jeong Eun-kyeong, funcionária do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia do Sul. Ela disse que apenas um pequeno número de novas infecções poderiam ser detectadas. No entanto, alguns especialistas afirmam que o surto pode continuar caso algumas pessoas infectadas não respeitem medidas de quarentena do governo e espalhem o vírus.

O Ministério da Saúde relatou hoje apenas mais quatro casos de pessoas com o vírus, após registrar 14 casos na quinta-feira e 13 na quarta-feira. Cerca de 3,7 mil pessoas foram isoladas na sexta-feira depois de possíveis contatos com pessoas infectadas, número menor que os 3,8 mil de quinta-feira. Fonte: Associated Press.