enkontra.com
Fechar busca

Mundo

mundo

Consultor de segurança de Bezos diz que sauditas hackearam CEO da Amazon

  • Por Estadão Conteúdo

Gavin de Becker, contratado pelo CEO da Amazon, Jeff Bezos, para investigar o vazamento de fotos íntimas do executivo obtidas por um tabloide norte-americano, afirmou, em artigo para o site “The Daily Beast”, que sauditas tiveram acesso ao material que estava no telefone celular do empresário.

Além de CEO da Amazon, Jeff Bezos também é o dono do jornal “The Washington Post”, em que escrevia Jamal Khashoggi, um dissidente saudita que foi morto no consulado da Arábia Saudita em Istambul, na Turquia. O consultor de Bezos afirma que o governo da Arábia Saudita tinha a intenção de prejudicar o empresário desde outubro, quando o jornal passou a cobrir o assassinato de Khashoggi. Ele disse também que David Pecker, presidente da AMI – a empresa que controla o tabloide “The National Enquirer”, que publicou a história da relação de Bezos com a ex-apresentadora de TV Lauren Sanchez – era aliado do príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman (conhecido como MBS).

“Nossos investigadores e vários especialistas concluíram com grande confiança que os sauditas tiveram acesso ao telefone de Bezos e conseguiram informações particulares. Hoje, não está claro se, ou até que ponto, a AMI estava ciente dos detalhes”, diz o artigo. O investigador disse ter repassado o material obtido na investigação para oficiais federais e afirmou que não discutirá detalhes sobre o caso. Em fevereiro, Bezos declarou que o tabloide ameaçou publicar fotos íntimas trocadas por ele com Sanchez, classificando o episódio como um caso de “extorsão e chantagem”.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas