O Fundo Monetário Internacional (FMI) informou que está investigando um ataque a seus sistemas de computadores, mas o porta-voz do Fundo, David Hawley, afirmou que os sistemas estão em pleno funcionamento. Fontes oficiais do FMI, que falaram em condição de anonimato ao jornal The New York Times, disseram que o ataque foi “sério e sofisticado”.

Os funcionários da instituição foram informados sobre o ataque na última quarta-feira, mas um comunicado público ainda não havia sido publicado, embora o FMI não tenha divulgado detalhes sobre o caso.

A instituição já enfrenta problemas após a prisão de seu ex-diretor-gerente, Dominique Strauss-Kahn, que foi indiciado por atacar sexualmente uma camareira num hotel de Nova York. As informações são da Associated Press.