A Comissão Europeia, uma das instituições que supervisiona o programa de resgate da Grécia, não está satisfeita com o lento progresso nas negociações entre o governo grego e seus credores internacionais sobre as reformas que o país pretende implementar em troca de mais ajuda, segundo Margaritis Schinas, porta-voz da Comissão.

“O trabalho precisa se intensificar” antes da próxima reunião de ministros de Finanças da zona do euro, disse Schinas. A Comissão quer que a Grécia alcance um acordo em nível técnico com representantes da chamada troica – Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Central Europeu (BCE) – nos próximos dias.

Isso permitirá que os ministros aprovem os planos de reforma da Grécia na próxima semana. “Essa sequência de eventos ainda não se materializou”, disse Schinas.

Autoridades gregas afirmam que o país pode ficar sem dinheiro se o governo não receber mais assistência financeira em breve. Fonte: Dow Jones Newswires.