Uma emboscada contra as tropas que combatem os rebeldes no Paquistão causou um intenso tiroteio, que matou pelo menos 9 militantes e 4 soldados. O confronto ocorreu ontem em uma estrada de terra do Waziristão do Sul, região próxima à fronteira com o Afeganistão e reduto do antigo comandante taleban Waliur Rehman. A batalha se sucedeu dois dias depois que dois comandantes taleban admitiram a morte de Mehsud, após um ataque de míssil das forças dos Estados Unidos no Waziristão no Norte no dia 5 deste mês.

Tropas apoiadas por helicópteros equipados com armas de fogo dispararam contra esconderijos de militantes na região, segundo informações de uma fonte do Exército e de um funcionário do Setor de Inteligência, que falaram sob condição de anonimato.