O Partido Comunista da China disse que um importante assessor político em uma província do sul do país foi colocado sob investigação pela agência interna de disciplina.

A comissão responsável pelo combate à corrupção do partido disse em comunicado postado na internet que Li Chongxi, diretor de um órgão consultivo para a província de Sichuan, está sob investigação por causa de sérias violações disciplinares.

Essa medida ocorre em meio a persistentes rumores de uma investigação contra o ex-chefe de segurança Zhou Yongkang, que foi o chefe do Partido Comunista de Sichuan por muitos anos. Durante parte desse tempo, Li trabalhou próximo a Zhou quando ainda era secretário-geral do comitê do partido na província de Sichuan e diretor do escritório geral de 2000 a 2002. Fonte: Associated Press.