Equipes de resgate encontraram mais duas vítimas do vazamento de lama tóxica na Hungria, elevando o número de mortos para sete. O porta-voz da agência de resgates, Tibor Dobson, disse que as vítimas ainda não identificadas foram encontradas na tarde desta sexta-feira, perto de Devecser, cidade no oeste da Hungria inundada pela lama na segunda-feira. Segundo ele, o mais provável é que eles sejam moradores desaparecidos da cidade de Kolontar, que fica nas proximidades.

Dobson não deu maiores detalhes, mas o local onde os corpos foram encontrados sugere que eles foram levados por cerca de três quilômetros pela torrente. Um outro morador de Kolontar continua desaparecido.