O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, desafiou nesta sexta-feira (14) os Estados Unidos a incluírem seu país na lista de nações acusadas de apoiar o terrorismo. Chávez disse que "a ameaça de nos incluir na lista dos terroristas é uma proposta que surgiu ontem na Câmara de Representantes dos EUA como parte da resposta de Washington aos meus êxitos na América Latina.

"É bom que façam essa lista e coloquem ela no bolso", disse Chávez durante um ato de juramento aos estatutos do seu partido. Uma dezena de congressistas republicanos na Câmara dos Representantes pediu ontem ao governo dos EUA que considere a Venezuela como um "Estado patrocinador do terrorismo." Chávez disse que o governo americano considera o seu governo como "inimigo" e por isso planeja afastá-lo do poder.