Cerca de 5 mil manifestantes se reuniram em torno da sede da União Europeia (UE) em Bruxelas para protestar contra um novo pacto de migração da Organização das Nações Unidas (ONU). A polícia usou gás lacrimogêneo e canhões de água para conter a manifestação, alegando que algumas pessoas ficaram violentas quando foram solicitadas a se dispersar.

O governo belga teve de ser reformado na semana passada porque o maior partido da coalizão se opôs à decisão do primeiro-ministro, Charles Michel, de assinar o pacto, que visa simplificar e suavizar a migração internacional em massa. Fonte: Associated Press.