Uma explosão atingiu um central cultural francês na Faixa de Gaza pela segunda fez em dois meses. O ataque na noite desta sexta-feira abalou partes da Cidade de Gaza. Ela atingiu uma das paredes do prédio e um guarda de segurança foi levemente ferido por estilhaços de vidro.

O centro cultural é um dos poucos postos diplomáticos ocidentais remanescentes em Gaza, que é controlada pelo grupo militante islâmico Hamas. O local oferece aulas de francês, alguns serviços consulares e é um dos únicos lugares na região que permitem a convivência de homens e mulheres. O centro estava fechado desde a outra explosão, em 07 de outubro.

O Hamas disse que iria investigar o episódio. Não foi realizada qualquer prisão referente à primeira explosão. Fonte: Associated Press.