O candidato venezuelano derrotado nas últimas eleições presidenciais, Henrique Capriles, anunciou hoje que deve apresentar ao Supremo Tribunal de Justiça do país um pedido de impugnação dos resultados eleitorais nos primeiros dias de maio.

O atual governador do Estado de Miranda disse hoje à imprensa que “em qualquer desses dias antes de 6 de maio” espera apresentar o recurso de impugnação das eleições, ainda que tenha admitido ter poucas esperanças de conseguir uma decisão favorável no Supremo Tribunal, cujos membros foram apontados como simpatizantes do governo. O prazo máximo para apresentar o recurso de impugnação ao Supremo Tribunal é de 15 dias úteis após as eleições.

“Não tenho nenhuma dúvida de que isto vá terminar em instâncias internacionais e que mais cedo ou mais tarde nosso país terá uma nova eleição. Tenham os venezuelanos, nosso povo, confiança e fé de que a mentira, por mais que tentem sustentá-la, a mentira é sempre muito frágil e sempre terminará cedendo à verdade”, disse Capriles em um ato em Miranda.

No dia 14 de abril, Capriles foi derrotado por uma estreita margem de 200 mil votos pelo herdeiro de Chávez, Nicolás Maduro, que obteve 7,5 milhões de votos. As informações são da Associated Press.