O candidato da extrema-esquerda à presidência da França, Jean-Luc Mélenchon, defendeu uma “França independente e que será campeão mundial da paz”. Ele e os outros candidatos apareceram em um programa de televisão na noite desta quinta-feira, três dias antes das eleições, que ocorrem no domingo.

Mélenchon disse que deseja dialogar com a Alemanha sobre renegociar os tratados da União Europeia e criar novas regras para o bloco quando o Reino Unido deixar a UE definitivamente. “Ou nós mudamos ou deixaremos isso. Mas acho que nossos parceiros querem que fiquemos, porque sem a França não há Europa”. O candidato também defendeu que a França abandone a Otan. Fonte: Associated Press.