A coordenação de campanha do presidente Barack Obama devolveu US$ 200 mil em contribuições doadas por familiares do proprietário de um cassino mexicano que fugiu dos Estados Unidos após ser acusado por fraude e de envolvimento com o narcotráfico.

Os representantes da campanha disseram que decidiram devolver as doações feitas pelos irmãos de Chicago Carlos Cardona e Alberto Rojas Cardona, que haviam começado a arrecadar fundos para a campanha do Comitê Nacional Democrata no ano passado.

O jornal The New York Times publicou na noite de segunda-feira que os arrecadadores são irmãos de Juan José Rojas Cardona, proprietário de cassinos que foi libertado sob fiança em Iowa em 1994, fugiu do país e tem fortes ligações com a violência e a corrupção no México. As informações são da Associated Press.