Um helicóptero militar venezuelano que iria transportar o presidente boliviano, Evo Morales, caiu em uma área montanhosa do centro da Bolívia, informaram autoridades locais nesta segunda-feira (21). Os cinco tripulantes da aeronave morreram na queda, ocorrida ontem. Quatro deles eram militares venezuelanos.

O ministro da Defesa da Bolívia, Walker San Miguel, confirmou que Morales não se encontrava na aeronave, que acidentou-se no ontem. Morales havia utilizado o helicóptero Superpuma no sábado para uma visita ao centro da Bolívia e pretendia voltar a utilizar a aeronave nesta segunda, revelou San Miguel. Quando caiu, o helicóptero viajava de Cochabamba, na região central do país, à cidade amazônica de Cobija, no nordeste boliviano.