A ex-namorada do magnata George Soros, a brasileira Adriana Ferreyr, de 28 anos, decidiu acusar o financista de 80 anos de não cumprir uma promessa para comprar um apartamento para ela em Nova York e entrou com uma ação judicial em um tribunal de Manhattan pedindo reparação de US$ 50 milhões.

Ferreyr, atriz de novelas, alega que o magnata deu um apartamento de US$ 1,9 milhão que havia prometido a ela a uma nova namorada, no Upper East Side.

O advogado de Soros, William Zabel, disse ao jornal New York Post que a ação judicial é frívola, sem mérito e uma tentativa de Ferreyr extorquir dinheiro do seu cliente. Já o advogado da brasileira, nascida em Salvador (BA), afirma que o mérito da questão deverá ser decidido no tribunal. Atualmente, Ferreyr estuda na Universidade de Columbia. Ela conheceu Soros em 2006. As informações são da Associated Press.