A viagem do papa Bento 16 ao Líbano no mês que vem acontecerá como planejado, informou o Vaticano hoje, mesmo com os confrontos na Síria.
A visita do pontífice ao Líbano está marcada para 14 a 16 de setembro. Mas a escalada da violência na Síria e as tensões sectárias no Líbano levaram à especulação na semana passada de que o papa pudesse ser forçado a adiar a viagem.

“Os preparativos para a visita prosseguirão sem qualquer incerteza por parte do Vaticano”, disse a jornalistas Federico Lombardi, porta-voz da Santa Sé.

Lombardi afirmou que um dos carros especialmente projetados para o papa -o papamóvel blindado- já está a caminho de Beirute.

A visita do Líbano será a segunda viagem do papa de 85 anos ao exterior este ano, depois de um tour por México e Cuba em março. Bento 16 deverá se encontrar com o presidente Michel Suleiman e o primeiro-ministro Najib Mikati em 15 de setembro e celebrar uma missa a céu aberto no centro de Beirute no dia seguinte.