Funcionários do setor de segurança disseram que os dois turistas norte-americanos que haviam sido sequestrados por beduínos na Península do Sinai foram libertados.

Ele disseram que os beduínos capturaram os dois homens na manhã desta quinta-feira quando eles viajavam da cidade de Dahab para Nuweiba, balneários do Mar Vermelho no Golfo de Aqaba. As fontes disseram que os dois foram libertados após horas de negociações entre os beduínos e representantes da polícia e do governo local.

Os funcionários falaram em condição de anonimato porque não têm autorização para divulgar a informação.

Uma série de sequestros realizados por beduínos tem ocorrido no Sinai. O objetivo é pressionar as autoridades a libertar parentes presos dos sequestradores ou para melhorar os serviços básicos, mas geralmente as vítimas são libertadas sem ferimentos. As informações são da Associated Press.