O banco Barclays e o órgão regulador bancário do Reino Unido iniciaram as investigações sobre um suposto vazamento de dados de milhares de clientes da instituição financeira.

O banco informou neste domingo que está revisando dois mil arquivos de dados de 27 mil clientes que, segundo o jornal britânico The Mail on Sunday, foram desviados.

De acordo com a publicação, as informações cadastrais dos clientes do Barclays eram compradas por corretores. Com os dados em mãos, esses profissionais passavam a oferecer produtos financeiros a essas pessoas.

Um porta-voz do banco disse que os registros que foram desviados referem-se a clientes que entraram em contato com a divisão de planejamento financeiro do banco, um setor que era responsável por conselhos aos correntistas.

A divisão de planejamento financeiro foi fechada em 2011, depois do órgão regulador bancário britânico proibir que bancos deem gratuitamente certos tipos de aconselhamento financeiro. Fonte: Dow Jones Newswires.