A polícia e camponeses encontraram nesta quinta-feira mais corpos em um rio de Bangladesh onde um ferry afundou no começo desta semana, o que elevou o número de mortos no naufrágio para 139. Os corpos em decomposição começaram a boiar após as operações de resgate terem sido suspensas, disse o chefe da polícia, Mohammed Shahabuddin Khan. Os socorristas conseguiram retirar 112 corpos na terça-feira e na quarta-feira. Outros 27 corpos foram encontrados boiando no rio Mehgna, logo ao sul da capital de Bangladesh, Daca. Parentes das vítimas dizem que pelo menos 12 pessoas ainda estão desaparecidas.

As informações são da Associated Press.