A balança comercial da China registrou um superávit de US$ 46,74 bilhões em julho ante US$ 42,77 bilhões em junho, de acordo com dados divulgados hoje pela Administração Geral das Alfândegas.

Os números superaram a expectativa média de economistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam superávit de US$ 46,4 bilhões.

As exportações chinesas avançaram pelo quinto mês seguido em julho, mas num ritmo mais lento, sugerindo uma possível atenuação da demanda externa por bens produzidos no gigante asiático.

As exportações subiram 7,2% em julho ante o mesmo período do ano passado, na sequência de um crescimento de 11,3% em junho, de acordo com o governo. Economistas esperaram crescimento de 10,5% no mês passado.

As importações avançaram 11% em julho, na comparação com o mesmo mês de 2016, ante uma expansão de 17,2% em junho. O avanço foi menor que o ganho de 16,4% esperado pelo mercado. Fonte: Dow Jones Newswires.