Investigadores concluíram que o avião da Asiana Airlines, que fazia o voo 214 no sábado, estava viajando “significativamente abaixo” da velocidade durante a aproximação do aeroporto de San Francisco e que a tripulação tentou abortar o pouso pouco antes de ele cair na pista.

O que eles ainda não conseguiram concluir é se a inexperiência do piloto com o tipo de aeronave e com o aeroporto de San Francisco teve alguma coisa a ver com o acidente.

No domingo, um dia depois do acidente, que matou duas pessoas e deixou mais de 180 feridas, autoridades disseram que a investigação também se concentrava na possibilidade de os equipamentos do aeroporto ou do avião terem apresentado problemas.

O governo sul-coreano anunciou nesta segunda-feira que turbinas e equipamentos pouso de todos os Boeing 777 pertencentes à Asiana e à Korean Air serão inspecionados. Fonte: Associated Press.