Funcionários do Ministério Público (MP) do Estado de Jalisco, no México, encontraram um cemitério clandestino com ao menos 29 corpos, na mesma área onde em novembro e dezembro outros 80 cadáveres foram localizados. “Das 29 vítimas, até o momento se tem a identificação parcial de quatro, que eram procuradas pela Procuradoria Especializada em Pessoas Desaparecidas”, informou o Ministério Público. A vala foi localizada em uma fazenda no bairro de El Mirador, em Tlajomulco, subúrbio de Guadalajara. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.