Oito pessoas morreram hoje em um ataque a um complexo governamental no Iraque, segundo fontes oficiais. Vários agressores armados detonaram dois veículos carregados de explosivos diante de um edifício e em seguida invadiram o local, tomando vários reféns. O ataque ocorreu em Baquba, 60 quilômetros a nordeste de Bagdá.

Um oficial do Exército iraquiano, o coronel Sabah al-Kuzi, afirmou que oito pessoas morreram e dez ficaram feridas na ação. Segundo ele, forças militares iraquianas e norte-americanas invadiram o edifício, mataram dois homens e buscavam um terceiro. Um porta-voz norte-americano disse que os militares dos Estados Unidos observavam a situação, mas não tinham informação no momento.

Há versões contraditórias sobre a situação em Baquba, cidade que antes era uma base de operações da Al-Qaeda. Samira al-Shibli, porta-voz do conselho provincial de Diyala, afirmou que o tiroteio acabou uma hora depois de começarem os disparos diante do prédio.

Dois funcionários do Comando de Operações de Diyala disseram que pelo menos alguns dos pistoleiros conseguiram entrar no complexo e um dos funcionários disse que eles tomaram reféns. As informações são da Associated Press.