Trinta e duas pessoas morreram e 51 ficaram feridas em um ataque realizado por uma mulher-bomba contra fiéis xiitas na cidade sagrada de Kerbala, informou um secretário de governo da cidade iraquiana.
Os fiéis encontravam-se a cerca de um quilômetro do santuário ao Imã Hussein, um dos lugares mais sagrados para os xiitas. Karim Khazim, secretário de Saúde de Kerbala, disse que havia sete iranianos entre os 32 mortos.