Um eventual ataque militar liderado pelos Estados Unidos contra a Síria é “ilegal” sob a Carta das Nações Unidas, disse neste domingo, em Bagdá, o ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javed Zarif.

“Países civilizados, 65 anos atrás, tiraram essa opção da mesa quando rejeitaram, na Carta das Nações Unidas, o recurso à força, como uma prática ilegal”, afirmou Zarif, falando em inglês em uma entrevista conjunta à imprensa com seu colega iraquiano, Hoshyar Zebari.

Os EUA buscam apoio a um ataque contra a Síria pelo uso de armas químicas pelo regime do presidente Bashar Assad. De acordo com os americanos, o atentado deixou mais de 1.400 mortos. O Congresso dos EUA vai apreciar os planos de Barack Obama para o ataque a partir desta segunda-feira, após o recesso de verão. Fonte: Dow Jones Newswires.