Ataques aéreos da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) atingiram um complexo em Trípoli onde vive o governante da Líbia, Muamar Kadafi, na manhã de hoje, segundo funcionários do governo. O ataque matou seis pessoas e feriu outras dez, disseram as fontes à France Presse.

“Havia três mortos aqui e três em outro local”, além dos dez feridos, disse um funcionário perto de uma cratera no solo, em uma rua do complexo de Bab al-Azaziyah. Esse funcionário acompanhou a imprensa estrangeira em uma visita ao local. Segundo as fontes oficiais, todos os mortos são civis, mas a France Press não conseguiu confirmar essa informação de modo independente. Não há informações sobre os nomes das vítimas.

Também hoje, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, convidou o conselho de rebeldes líbios a abrir um escritório em Londres. O pedido foi feito após conversas com o líder desse grupo, Mustafa Abdul Jalil. As informações são da Dow Jones.