Pelo menos 15 pessoas morreram em uma nova onda de ataques aéreos do governo sírio a áreas controladas por rebeldes perto da cidade de Alepo, informaram ativistas contrários ao governo. Havia pelo menos três crianças entre os mortos, segundo o Observatório Sírio pelos Direitos Humanos.

Os bombardeios de hoje ocorrem em meio a uma campanha de ataques aéreos do governo sírio contra áreas controladas por rebeldes. De acordo com o Observatório Sírio pelos Direitos Humanos, mais de 360 pessoas foram mortos em nove dias de bombardeios. Fonte: Associated Press.