O governo da Malásia informou que a área de busca pelo avião MH370 que será ampliada em mais 60 mil quilômetros quadrados no Oceano Índico se a aeronave da Malaysia Airlines desaparecida desde 8 de março do ano passado não for encontrada até maio.

O ministro dos Transportes do país, Liow Tiong Lai, disse que Malásia, Austrália e China – que lideram as buscas – estão comprometidos em encontrar o avião. Depois de uma reunião com seus colegas australianos e chineses, o ministro afirmou que até agora 61% da área de busca foi vasculhada perto do litoral da Austrália e o restante será examinado até o fim de maio. Fonte: Associated Press.