Um funcionário da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou hoje que a entidade concluirá sua missão de paz no Nepal, após quatro anos. O chefe da missão da ONU no Nepal, Karin Landgren, anunciou que as operações terminam no próximo sábado.

Segundo Landgren, ainda não se decidiu quem se encarregará do controle de armas e dos ex-rebeldes atualmente detidos em sete campos de confinamento por todo o país. Os rebeldes maoistas combateram as tropas do governo durante uma década até 2006, quando depuseram as armas e se uniram ao processo de paz. Mais de 13 mil pessoas morreram durante os combates.

Um porta-voz maoista, Dinanath Sharma, disse na semana passada que o grupo desejava que a ONU continuasse com sua missão pelo menos até maio. Somente o governo pode fazer um pedido formal às Nações Unidas para ocorrer uma ampliação do prazo, e este manifestou que não pretende fazer isso. As informações são da Associated Press.