Um pequeno incêndio queimou parte de um assento de passageiro de um avião da Japan Airlines Corp (JAL) que decolou, no último sábado (6), do aeroporto internacional de Kansai com destino a Taipei, levando o jato a realizar um pouso de emergência no aeroporto da cidade. A companhia aérea evitou comentar o incidente, informou a agencia de notícias Kyodo News, citando funcionários da empresa.

“A empresa comunicou o incêndio ao ministério de transporte japonês, mas não tornou o incidente público porque ninguém ficou ferido e não foi um grande negócio”, afirmaram funcionários da JAL.

De acordo com os mesmos funcionários, um incêndio em um avião, no qual é totalmente proibido fumar, é incomum e um isqueiro foi encontrado mais tarde em uma fenda entre as costas e um descanso de braço do banco da aeronave.

O piloto do voo 653 informou aos controladores de tráfego aéreo a necessidade de um pouso de emergência, depois que um cheiro de queimado foi detectado na cabine do Boeing 767, por volta das 21h20 do sábado (horário do Japão), quando este se preparava para a aterrissagem em Taipei. A aeronave tinha 44 passageiros e tripulantes a bordo.