São Paulo, 03 – O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, conversou neste domingo com Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional e autodeclarado presidente interino da Venezuela. Em comunicado, Trudeau decretou apoio a Guaidó, qualificando o regime de Nicolás Maduro como “ilegítimo” e enfatizando a necessidade da realização de eleições “livres e justas”.

Trudeau afirma que haverá uma reunião nesta segunda-feira em Ottawa do Grupo de Lima, para discutir “como a comunidade internacional pode apoiar ainda mais o povo da Venezuela, inclusive por meio da assistência humanitária imediata”.

Em sua conta no Twitter, Guaidó agradeceu o apoio do premiê canadense. Ele também divulgou mensagem do deputado Miguel Pizarro, segundo a qual começará em breve a ser distribuída ajuda humanitária no país, graças ao apoio do presidente da Colômbia, Iván Duque.