enkontra.com
Fechar busca

Mundo

Apesar de desmatamento, alguns progressos dos bosques

  • Por Jornalista Externo

“Apesar do elevado percentual de desmatamento, os progressos na ordenação sustentável dos bosques em todo o mundo foram constantes e alentadores, No entanto, são necessárias novas melhoras para conseguir mais benefícios ambientais, econômicos, sociais e culturais”, disse o informe “A situação dos bosques do mundo em 2003”, apresentado pela FAO.

A ordenação sustentável das matas se propõe a responder as necessidades atuais de bens e serviços florestais, assegurando ao mesmo tempo sua disponibilidade contínua a longo prazo.

O conceito combina a produção madeireira e não madeireira com a conservação do solo, das águas e da diversidade biológica, preservando ou impulsionando, ao mesmo tempo, os valores socioeconômicos, culturais e espirituais dos bosques.

Para reforçar a ordenação sustentável dos bosques, a FAO sugere políticas interadas mais fortes e conexão mais eficaz entre diversos setores, tais como agricultura, transporte e comércio. Sugere, em particular, formas de cooperação inovadoras entre governos, organizações, setor privado e sociedade civil.

A FAO sublinha o papel fundamental das matas no contexto das mudanças climáticas, como fonte de anidrido carbônico (CO2) quando se queimam ou como indicadores sensíveis de eventuais mudanças de clima. São também fonte de combustível biológico em substituição aos combustíveis fósseis.

“Os bosques podem contribuir para a redução da insegurança alimentar, diminuição da pobreza, melhora da produção agrícola e potencializar o meio ambiente em que vivem muitos pobres rurais”, segundo o capítulo que a FAO dedica aos bosques e à diminuição da pobreza.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas