enkontra.com
Fechar busca

Mundo

Ameaça militar de Obama é propaganda eleitoral, diz regime sírio

Vice-primeiro-ministro da Síria afirmou que declarações de americano são provocadoras

O vice-primeiro-ministro da Síria, Kadri Dzhamil, chamou de “propaganda eleitoral” as declarações do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre uma intervenção militar no país árabe, ontem. “No que se refere às declarações de Obama, são umas ameaças provocadoras e propagandistas, relacionadas com as próximas eleições presidenciais nos Estados Unidos.”

Em entrevista coletiva após um encontro com o chanceler russo, Sergei Lavrov, nesta terça, o vice-premiê disse que o Ocidente está procurando desculpas para uma intervenção no país e disse que uma ação militar internacional é impossível, pois aumentaria o risco de confrontos além das fronteiras.

“Uma intervenção militar direta na Síria é impossível porque quem pensa sobre isso está caminhando para um confronto maior que as fronteiras do país”, disse.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas