A duas semanas das eleições gerais na Alemanha, o Partido Social Democrata (SPD, na sigla em alemão) e o candidato opositor Peer Steinbrueck diminuíram a desvantagem em relação à governista União Democrata Cristã (CDU, na sigla em alemão) e à chanceler Angela Merkel, revela uma pesquisa divulgada hoje.

A sondagem feita pelo instituto Emnid para o jornal Bild mostra que o apoio ao SPD passou de 23% para 25% da semana passada para cá, enquanto a intenção de voto na CDU subiu de 39% para 40%.

Já a porcentagem de alemães que preferem Steinbrueck no lugar de Merkel subiu de 28% para 35% na última semana, enquanto o apoio à chanceler caiu de 52% para 50%. Fonte: Dow Jones Newswires.