O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, pediu aos governos de todo o mundo que aumentassem sua competitividade por meio de reformas econômicas, em vez de confiar no aumento da dívida e no ‘dinheiro fácil’ dos bancos centrais.

Em um discurso em Washington, onde os líderes das economias globais estão se reunindo para uma série de encontros semestrais, Schäuble culpou os problemas econômicos de alguns países da zona do euro por não terem implementado “reformas desagradáveis”. “Há uma falta de produtividade e de competitividade em muitos países, porque as reformas necessárias não foram realizadas”, disse. Fonte: Dow Jones Newswires.