A Al-Qaeda assumiu o controle de um grande aeroporto, um porto marítimo e um terminal de petróleo no sul do Iêmen nesta quinta-feira, consolidando sua posição na maior província do país, Hadramaute, em meio a conflitos entre os rebeldes xiitas contra as forças leais do presidente exilado, Abd Rabbuh Mansur al-Hadi, e uma campanha aérea liderada pela Arábia Saudita.

Os militantes tomaram primeiro o controle do aeroporto de Riyan e em seguida o principal porto marítimo da cidade, que também é um terminal de petróleo.

Os oficiais de segurança, que falaram sob condição de anonimato, disseram que os líderes da brigada encarregada de proteger toda a área fugiram.

A cidade de Mukalla, capital da maior província do Iêmen, conta com a forte presença dos rebeldes, mesmo com ataques antiterrorismo. Fonte: Associated Press.