O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que a nova tampa que conteve o vazamento de petróleo do poço danificado da British Petroleum (BP) no Golfo do México é uma “boa notícia”, mas alertou o público para “não se precipitar” e achar que o poço está completamente fechado. Cientistas ainda estão trabalhando para assegurar que “ao colocar esta cobertura, o petróleo não esteja saindo por outro lugar de modo que poderia ser até mais catastrófico”, disse.

Obama afirmou que a nova tampa permitiria à BP conter 80 mil barris de petróleo por dia – acomodando quase todo o petróleo que está vazando. O presidente também afirmou que ainda há “um grande trabalho a fazer” em relação à limpeza do Golfo e para compensar as pessoas e empresas afetadas pelo vazamento. A BP “vai pagar pelo dano que causou”, reiterou Obama.

Os comentários foram feitos cerca de 20 horas depois do início do teste que vai mostrar se a cobertura colocada recentemente sobre o poço poderá parar o vazamento do petróleo. Na manhã de hoje, as pressões sobre a tampa subiam, mostrando que ela pode ter a capacidade de fechar completamente o poço, afirmou um vice-presidente da companhia.

O teste poderia levar até 48 horas para se completar. Se os resultados forem os desejados, a tampa poderá ser usada para parar o fluxo enquanto seriam retomados os esforços para fechar o poço permanentemente. Provavelmente, se o teste for bem sucedido, o mecanismo permitirá à BP capturar todo o petróleo do poço para os navios na superfície de uma forma controlada, eliminando o derramamento até que um conserto permanente seja feito. As informações são da Dow Jones.