Autoridades afegãs disseram que um graduado comandante do grupo Estado Islâmico foi morto após um ataque com avião teleguiado (drone) na província de Helmand, sul do país.

O vice-governador da província disse que o comandante, identificado como Abdul Rauf, foi morto juntamente com outros quatro militantes quando um míssil disparado por um drone atingiu seu carro.

O serviço de inteligência do Afeganistão emitiu um comunicado dizendo que o suposto comandante do Estado Islâmico estava entre as seis pessoas mortas no ataque, que, segundo afirmou, foi realizado pelas Forças Armadas afegãs.

O grupo Estado Islâmico, que controla um terço da Síria e do Iraque, tem uma presença pequena, porém crescente, em partes do Afeganistão, afirmaram fontes oficias e tribais à Associated Press no mês passado. Segundo essas fontes, um homem conhecido como mulá Abdul Rauf tem recrutado combatentes em nome do grupo. Fonte: Associated Press.