Dois barcos viraram em rios do Estado de Bihar, leste da Índia, após a celebração de um importante festival hindu. Pelo menos 29 pessoas morreram e 22 estão desaparecidas, informou a polícia local. Cerca de 20 pessoas nadaram até a margem.

Um dos barcos estava superlotado. Ele navegava no rio Kosi, perto de Alauli, vila localizada a cerca de 200 quilômetros ao norte de Patna, a capital o Estado, informou a polícia local. Horas mais tarde, outro barco virou num rio do distrito de Darbhanga. Havia 17 pessoas a bordo a embarcação.

A polícia encontrou oito corpos e resgatou oito pessoas nas proximidades de Kuseshwar Sthan, vila que fica a cerca de 140 quilômetros ao norte de Patna. As pessoas desse barco estavam voltando para suas casas após afundarem a imagem de uma deusa hindu na correnteza, ritual que faz parte das festividades religiosas.

Acidentes com barcos são frequentes na Índia, onde muitas embarcações não têm segurança adequada e viajam superlotadas. As chuvas de monções aumentam, anualmente, o volume de águas dos rios entre junho e setembro.