O Engenho João Gomes, pertencente à Usina Estreliana, em Gameleira, na zona da mata pernambucana, foi ocupado hoje por mulheres ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) e da Comissão Pastoral da Terra (CPT). Segundo o MST, a ocupação integra a programação do Dia da Mulher, que terá ainda uma marcha pelas ruas centrais do Recife.

Em nota, o movimento afirma que o Engenho João Gomes já havia sido desapropriado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), mas a decisão foi revogada pelo Tribunal Regional Federal e aguarda decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). As mulheres querem a desapropriação do João Gomes e de dois outros engenhos da Usina Estreliana – o Pereira Grande e o Bela Feisão.