Foto por: Monirul Bhuiyan

Um grupo de 36 jovens usando minissaias de cor laranja foi detido por algumas horas no Soccer City de Johannesburgo por usar uma roupa alusiva à cerveja holandesa Bavaria, uma marca que não está patrocinando a Copa do Mundo.

As jovens foram levadas para um escritório da Fifa para serem interrogadas sobre sua vestimenta e para saber se trabalhavam para a Bavaria. Depois de três horas, foram liberadas.

A Fifa manifestou que as mulheres foram usadas como “instrumento para uma emboscada mercadológica”, apesar de as minissaias não terem o logotipo da cerveja. “Consultaremos nossos advogados para comprovar se essa ação constitui publicidade ilegal”, afirmou o porta-voz da Fifa, Nicolas Maingot.

A cerveja Budweiser é a patrocinadora oficial do Mundial e a única que pode ser divulgada nos estádios em que o torneio é disputado.