O torcedor do Atlético Paranaense Eduardo Michel Domingues de Oliveira, de 19 anos, morador em Curitiba, não resistiu aos ferimentos provocados em sua queda no fosso da Arena da Baixada, em Curitiba, no domingo, e morreu às 6h15 da manhã desta quarta-feira no Hospital Cajuru. O torcedor não estava portando documentos e ficou sem identificação até a noite de segunda-feira, quando dois parentes foram ao hospital e o reconheceram.

Por motivo desconhecido, o torcedor subiu na grade que separa as cadeiras do fosso, alguns minutos antes do início da partida contra o  Botafogo. Provavelmente perdeu o equilíbrio e acabou despencando de uma altura aproximada de 4,5 metros. Atendido pelos médicos de plantão, foi constatado traumatismo crânio-encefálico, além de ferimentos nos braços e pernas. Levado para o hospital foi conectado a aparelhos para que pudesse respirar, mas não conseguiu reanimar-se.