O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve fazer um discurso hoje na quarta e última reunião ministerial do ano. O horário ainda não foi confirmado pela Secretaria de Imprensa do Palácio do Planalto. Todos os ministros participam do encontro que tem o objetivo de discutir as ações prioritárias e a aplicação do orçamento para 2006. À noite, Lula e os ministros participam de jantar de confraternização.

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, que participou da reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC) em Hong Kong, está representado pelo secretário-geral, Samuel Pinheiro Guimarães. Os líderes do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), na Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), e no Congresso, senador Fernando Bezerra (PTB-RN) também participam da reunião. Estão presentes ainda os presidentes do Banco Central, Banco do Brasil, Petrobras, Eletrobrás, Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES) e um representante da Caixa Econômica Federal