O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, demitiu hoje toda a diretoria da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), informou há pouco a Assessoria de Imprensa do Ministério. No lugar do atual presidente, Clayton Campanhola, assumirá Sílvio Crestana, da unidade da Embrapa que cuida de instrumentação tecnológica em São Carlos (SP).

Segundo a Assessoria, as mudanças fazem parte da reestruturação administrativa de todo o Ministério, aprovada pelo Congresso e iniciada pelo ministro no começo deste mês. Ainda de acordo com Assessoria, o presidente Lula assinará nos próximos dias um decreto regulamentando a reestruturação. O ministro Rodrigues, segundo os assessores, considera que a atual diretoria da Embrapa já cumpriu sua missão. Além do presidente da empresa, estão sendo exonerados os três diretores-executivos: Gustavo Kauark Chianca, Herbert Cavalcante de Lima e Mariza Marilena Barbosa. Para substituí-los, o ministro ainda não escolheu outros diretores, segundo a Assessoria.

Dentro de mais ou menos uma hora, o Ministério divulgará uma nota sobre as demissões.