São Paulo – O ministro do Turismo, Walfrido Mares Guia (PTB-MG), respondeu há pouco as críticas da oposição à pesquisa CNT/Sensus e disse que os oposicionistas erram ao tentar desqualificar a sondagem. "Não adianta bater no termômetro se ele acusa febre. Esse é o mesmo termômetro que acusava há um tempo atrás uma situação de vantagem da oposição na próxima eleição e que agora acusa o contrário", afirmou o ministro, ressaltando que toda pesquisa sempre é contestada por alguém.

Para Mares Guia, não deve ser dada à pesquisa, entretanto, importância maior do que o que ela realmente representa: uma fotografia do momento. "(Pesquisas) são apenas fotografias estáticas de um momento. A eleição é no dia 1º de outubro e é lá que será decidido tudo", finalizou.