São Paulo – O Ministério Público (MP) de São Paulo colocará à disposição da imprensa amanhã (2) uma nova lista com os registros das mortes violentas ocorridas nos conflitos que envolveram forças policiais no estado durante a semana de ataques atribuídos à organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). A informação é da assessoria de imprensa do MP.

Apesar de já ter sido divulgada uma lista na noite de ontem (31), o promotor Neudival Mascarenhas, designado para apurar as mortes no período dos ataques, afirmou hoje que o MP ainda está cruzando os dados entregues pela Secretaria de Segurança Pública e que somente amanhã se manifestará sobre o assunto. O promotor disse ainda que recebeu novas informações sobre a lista após a divulgação do documento na noite de ontem.

A Secretaria de Segurança Pública apresentou na tarde de hoje (1) documento com carimbo do Ministério Público estadual comprovando que as polícias entregaram no dia 30 todos os laudos sobre as mortes de civis no período, exigidos judicialmente pelo MP. Segundo o superintendente da Polícia Técnico-Científica do Estado de São Paulo, Celso Perioli, não tinham sido entregues somente 24 laudos sobre as mortes de policiais e esses laudos seriam enviados ainda hoje ao MP.